sábado, 25 de dezembro de 2010

Coisas Minhas...

Por mais que eu queira, não sei porque você não sai da minha cabeça...
Sentimento que me mata a cada momento, porque você está longe de estar perto de mim...
Quando acho que foi embora de vez, meu coração parece que faz questão de te lembrar...
Eu já sei de tudo. O passado não volta mais...
Mas... Fique por aqui!

domingo, 19 de dezembro de 2010

Sobre o final do ano...

Nem parece, mas já estamos ao término de mais um ano.
Ano cheio de acontecimentos, mudanças, escolhas. Ano de novas amizades, de sucessso profissional, de alegrias, de decepções...
Me sinto leve e feliz com as reflexões quanto ao "balanço" de 2010.
Nunca gostei muito de falar sobre isso, mas agora me sinto a vontade, leve e feliz!
Quis desistir de muitas coisas este ano, mas fui além e vejo que tudo valeu a pena. Desistir sem dúvida teria sido a pior decisão se a tivesse tomado.
É bom poder compartilhar que vou terminar mais um ano de bem comigo, de bem com a vida e de bem com o mundo!!!
E feliz 2011 pra todo mundo!

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Inspirado na Moça Bonita...

É muito bom poder acordar cedo, mesmo com este frio, e poder refletir a reflexão do outro... Refletir a reflexão do outro? Sim, é isso mesmo...
Hoje acordei pensando sobre a busca interminável pelo amor.... Mas que amor é esse que parece não existir?
Engano... Todo mundo guarda consigo muito amor... E somente os privilegiados conseguem contagiar o outro com este sentimento nobre...
E o que eu sei é que todo mundo está buscando... Buscando alguém para amar e mais: alguém nos ame também... Acredito no poder das palavras.. Mas as palavras em alguns momentos parecem estar perdendo seu valor. E isso é terrível para quem a utiliza para promover o bem. "Words make worlds" segundo o Ron e acredito nisso.
O fato é que o cenário é este: homens e mulheres buscando a tal felicidade através do amor recíproco.... E ele pode existir, desde que você se permita amar e ser amado...
Que este amor encha nossa alma de alegrias e esperanças, porque amar e viver realmente valem a pena!

Quero agradecer ao Marcelo, por me enviar suas Reflexões e que puderam me inspirar a escrever este post.

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Mais um dia...

E assim, Curitiba amanheceu cinza e chuvosa....
Muita gente correndo pelas ruas, com pressa e sem pressa....
E eu também....
Agora já é noite, e me lembro do semblante daquele senhora parada num canto da rua, olhando para o céu como se agradecesse algo, aquilo que talvez nem tivesse....
Crianças brincavam ao redor dela, felizes.
Eu continuava correndo..
Correndo da chuva, correndo da tristeza, correndo de você, correndo sei lá pra onde...
Mas vou chegar lá...

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Canções que eu gosto!

Simplesmente

Composição: Samuel Rosa | Chico Amaral


Simplesmente posso esperar
Aqui por você, uma eternidade
Uma tarde inteira

Simplesmente posso encontrar
Qualquer distração, ruas da cidade
Restos de uma feira

Tomo um atalho no lago
Só pra te perder
Enquanto olho os aviões

Nada tremeu no ar
Não vi nem um sinal
Mesmo assim eu posso esperar

Simplesmente posso esquecer
Da guerra ou da paz
Uma eternidade, uma tarde inteira

Calmamente posso contar
As nuvens no céu
Rostos na vidraça, flores nessa praça

Ter sua consolação só pra conseguir
Leio manchetes por aí
Nada tremeu no ar
Não vi nem um sinal
Mesmo assim eu posso esperar

Até deixar o recado na tarde
Uma simples saudade
Que você vai sentir quanto sentar-se a mesa
Uma simples certeza
Que agora você que espera por mim

domingo, 5 de dezembro de 2010

Imprevistos...

Todo mundo, de alguma forma, sempre planeja obter ou fazer acontecer "coisas" para nos deixar mais feliz ou alegrar a vida de outro.
Grande parte dessas coisas são previsíveis, mas outras infelizmente não...
Este final de semana foi aniversário do meu filho. Estávamos todos empolgados pela chegada deste dia, inclusive ele, mas aconteceu uma situação que não dependia do esforço de membros da família para reverte-la: meu tio Alcides faleceu...
Dessa forma, não houve festa e sim tristeza, reflexões. Meus pais viajaram e eu felizmente passei o aniversário do meu filho ao lado dele, curtindo cada segundo da sua alegria em completar 7 anos de vida, só nós dois. Improvisei programas que pudesse diverti-lo e para que uma das datas que ele mais espera no ano não passasse em branco.
Foi um aniversário diferente, com muitas emoções contraditórias...
A festa vai acontecer segunda-feira na escolinha, junto aos amiguinhos dele. Meu tio infelizmente não voltará mais....
E assim, vamos vivendo lidando com os imprevistos....