segunda-feira, 31 de janeiro de 2011

Coisas Minhas...

Ainda bem que tenho você por perto....
Sei que posso ser eu mesma, sem medos...
Me sinto protegida e feliz...
Pelo menos enquanto durar...

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Páginas de Vida...

Ana Paula, uma grande amiga me deixou refletindo até hoje sobre um maravilhoso post que escreveu no dia 25/01 sobre Verões que Vimos e Verões que Veremos... (http://aletraatemmeunome.blogspot.com/)..
Um belíssimo exemplo de uma amizade sólida e verdadeira.
Fiquei com este post na cabeça e me lembrei do verão passado de outra forma.... Da garota que quase perdeu o verão inteiro, mas foi salva pelos anjos....

... Ela continuava esperando....
Sua vida se resumiu a cama e a sufocar a dor.. Luxúria...
Estava quase perdendo tudo que tinha de melhor: sua alegria, disposição, vontade de fazer acontecer...
Nem por isso, estava sozinha...
Seus anjos continuaram por perto a iluminarem o seu caminho, a protegerem...
Um brinde a amizade!

terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Inspirado na Moça Bonita 2

Esta última semana estive refletindo sobre como nossa vida muda de uma hora para outra, de como aceitamos o descaso daqueles que amamos e principalmente que a vida é para ser vivida de forma leve e sutil, porque todos merecem se dar uma chance e ser feliz.
Provamos experiências dolorosas, que nos ferem como um punhal, mas que também nos transformam em seres mais maduros e humanos, principalmente consigo mesmo. Amamos alguns ao ponto de esquecermos de nós mesmos.. Nos entregamos a derrota de uma história, que a esperança tem o papel de colocar na nossa cabeça que ela ainda pode ter um final feliz... Não queremos admitir o fim, o erro, a prisão...
Quando tudo isso começa a passar, é como se tivéssemos atingido uma segunda etapa.. Passa a fase do sofrimento e da dor, e assim nos permitimos seguir na corrente do amor, de pessoas do bem, dos valores. Passamos a ver claramente o que nos coloca pra cima, que nos dá luz e a dar mais valor pra quem gosta da gente.
Não tenho duvidas de que a vida é uma caixinha de surpresas.. E boas! Se não fossem as experiências que passamos nessa vida, seriamos um poço de vazio.. Não existiriam histórias felizes e tristes, não poderíamos formar opiniões sobre as coisas, não poderíamos compartilhar nada e tão pouco este blog existiria!

Mais uma vez, tenho que agradecer ao Marcelo... Graças a sua sensibilidade como ser humano, pela vontade de fazer as coisas acontecerem e de fazer a vida valer a pena, pude refletir sobre mais uma de suas reflexões.

sábado, 8 de janeiro de 2011

Canções que eu gosto!

Trampolim

Composição: Paulinho Moska
 
Você não sofre porque não sente o que eu sinto
Há um iceberg em você que eu tenho que derreter
Que tipo de piscina terá embaixo desse trampolim?
Que pulo que eu vou ter que dar pra não me ferir?

Porque acordar sem você é ficar cego no amanhecer

É assistir o fim do mundo, depois escurecer
E eu no meio disso tudo sem saber
Que já estamos no início do que vamos ser

Hoje eu não acordei

Hoje eu não vou dormir
Hoje eu nunca te dei
Hoje eu quero partir

O Homem que sabia demais....

Um dia, um homem achou que sabia tudo, subestimando assim, o Poder maior....
Esqueceu dos sentimentos das pessoas e da liberdade de expressão. Esqueceu de olhar para o próprio eu, de ser humilde, de respeitar o espaço do outro.
Caminhou pelo mundo contando com a sorte e sua tal espeterza. Invejava os próximos... Fazia tanto, mas não conseguia nada. Passou a explorar as pessoas, a utilizar de má fé para conquistar seus objetivos... Perdeu seu caráter, seus valores, se é que um dia os teve....
Naquele outro dia, ele se sentiu cansado e dormiu... Seu sono que achava ser merecido, foi o maior pesadelo de sua vida. Chegou a hora dos seus atos passarem pelo Julgamento. Ele sofreu e viu as coisas como nunca havia conseguido ver e nem sentir em toda sua existência.... Brigou os com juízes, tentou fugir do fogo do inferno, dos devoradores da hipocrisia, dos fracos......
A realidade veio a tona e ele entendeu...
Que Deus ilumine sua pobre alma vazia....